Publicidade

Quênia proíbe sacolas plásticas

Publicidade

Um exemplo para todo o planeta! O Quênia adotou uma política severa para diminuir a morte dos animais marinhos e conseguiu, com apenas uma medida, reduzir drasticamente a morte por sufocamentos.

Desde 2017 o país proibiu o uso de sacolas plásticas e, quem descumprir a lei, pode ter até quatro anos de prisão e multas beirando os US$40mil! Isso para quem usar ou produzir as sacolinhas.

No início houve um choque com a lei, mas com o passar do tempo a população abraçou a causa e o resultado é lindo: redução de 67% de morte dos animais marinhos.

Em breve outros países devem replicar a lei, tais como Uganda, Tanzânia e Sudão do Sul.

Fala aí
Outras

A coluna do jornalista Ancelmo Goes publicou uma notícia intrigante e que reflete o cenário difícil enfrentado pelas mulheres no mercado de trabalho. A notícia veiculada…

Crianças surdas têm as mesmas necessidades do que as ouvintes. E, entre essas necessidades, está a do entretenimento e da representatividade. Uma iniciativa simples busca oferecer…

A faixa “Fábio Assunção” integra o repertório da banda baiana La Fúria, que inclusive já gravou ao lado de Bartz uma nova versão. O clipe no…

Há 10 anos ouvia meus professores da faculdade utilizando a expressão “aldeia global”. Diziam que os avanços da internet estavam tão grandes que em pouco tempo…

Dobro + Bravo